Please reload

Posts Recentes

MP 936 retira direitos trabalhistas e não poupa nem as gestantes

May 20, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Candidatos defendem construção de uma nova rodoviária

October 12, 2016

 

 

POLÍTICA - A segunda pergunta feita aos candidatos a prefeito de Sorocaba, José Crespo (DEM) e Raul Marcelo (Psol), abrange um problema antigo da cidade: a situação da rodoviária de Sorocaba, localizada no Vergueiro. Os postulantes a ocupar a cadeira no sexto andar do Paço Municipal, de 2017 a 2020, vão falar sobre seus planos para a região. Crespo e Raul comentam se irão construir uma nova rodoviária em Sorocaba e qual seria o lugar, visando a interligação entre as linhas de ônibus municipais e intermunicipais. A série de perguntas e respostas respeita sempre o mesmo espaço para os dois candidatos.

 

Os candidatos vão construir uma nova rodoviária? Onde seria o melhor lugar para essa construção, a fim de interligar linhas de ônibus municipais e intermunicipais?

 

José Crespo

 

Está no nosso plano de governo a construção sim de uma nova rodoviária. A atual chegou ao ponto máximo de utilização na estrutura em que foi concebida. Além disso, não é correto manter uma rodoviária na região em que ela está. O local dificulta a circulação de veículos e atrapalha o trânsito. Ao mesmo tempo leva para o seu entorno um volume de tráfego incompatível com a região. Por esta razão, projetamos construir a nova rodoviária em uma área mais distante do Centro: onde funcionou a antiga Siderúrgica Nossa Senhora Aparecida, a Gerdau, na rua Padre Madureira. Ela será integrada a um complexo multimodal, que compreenderá a nova rodoviária, a estação de trem de média velocidade para a capital e a estação do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), o metrô de superfície, cujo funcionamento aproveitará a ferrovia já existente, desde Brigadeiro Tobias até George Oetterer e de Votorantim até o complexo. Futuramente, poderemos ainda ter ligação com navegação a ser feita pelo rio Sorocaba, tendo o local como ponto de acesso. O Complexo Multimodal terá ainda instalação de heliporto, táxis, hotéis, restaurantes, estacionamentos para automóveis e outras instalações de apoio. A escolha desse local se deve ao fator primordial de ser uma área com 2 milhões de metros quadrados com ligações rodoviárias boas e próxima à linha férrea já existente e ao rio. Além disso, também fica próxima a outra área importante para esse objetivo da interligação, que é a do pátio de manobras da antiga Fepasa.

 

Raul Marcelo

 

A construção de uma nova rodoviária é uma necessidade antiga de Sorocaba. Atualmente o Rodo Center tem 45 anos de existência e, durante todo esse período, passou por poucas modificações desde sua inauguração, em 1971. A tendência de quase todas as Regiões Metropolitanas é otimizar o escoamento das rotas, descentralizando esse serviço e implantando seus novos terminais rodoviários nas áreas periféricas da cidade, tendo fácil acesso às rodovias que cortam o Estado. Temos como exemplo a nova rodoviária de Campinas e Jundiaí. A cidade de Sorocaba é beneficiada por ter em seu território duas das principais rodovias do Brasil, a Castelo Branco e a Raposo Tavares. Com base em estudos acadêmicos que se debruçaram sobre o tema, acreditamos que o melhor local para construção da nova rodoviária seja próxima ao km 2 da rodovia Senador José Ermírio de Moraes, a Castelinho. O local é de boa visibilidade para quem chega à cidade, estrategicamente escolhido para que haja maior facilidade de acesso ao mesmo, através de quatro rotas. Esse é o projeto que se enquadra dentro do nosso Plano de Mobilidade, o Conecta Sorocaba. Reiteramos que sua execução dependerá de um amplo debate público, pois implicará em grande esforço fiscal em sua consecução dependendo, para tal, de linhas de crédito e de um debate sobre a utilização do espaço da atual rodoviária. 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags