Please reload

Posts Recentes

Desemprego no Brasil bate recorde e atinge 13,1 milhões de pessoas

October 1, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Pannunzio contesta Crespo e diz que deixou contratos vigentes

January 5, 2017

 

O ex-prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) procurou o Cruzeiro do Sul para contestar as informações divulgadas na última segunda-feira pelo seu sucessor, José Crespo (DEM). Crespo disse que para entregar as chaves do residencial Carandá terá que ter o aval do Ministério Público (MP) porque não tem uma Unidade Básica de Saúde (UBS) naquele local. Pannunzio alegou que o prédio da UBS estava praticamente pronto no final do mandato dele. Crespo também não descartava a possibilidade de contratar empresas sem concorrência pública (emergencialmente) caso ficasse confirmado que o antecessor não deixou contratos de serviços essenciais em vigor, como poda de mato e tapa-buracos. Pannunzio e sua equipe disseram que os contratos mencionados pelo atual prefeito continuam em vigor. O governo de Crespo reconheceu o equívoco em relação aos contratos, mas mantém que o prédio da UBS não ficará pronto até a data do início das entregas das chaves dos apartamentos, previsto para o próximo dia 23.

A administração Crespo assumiu que "de fato, os contratos existem. Por um erro interno desta Prefeitura, não haviam sido considerados". Tratam-se dos contratos de paisagismo, pelos quais são feitos os serviços de roçagem e capinação, e o do recapeamento asfáltico, para os serviços de tapa-buracos. Em entrevista na segunda-feira, Crespo declarou que ainda não tinha certeza, mas a equipe dele estava averiguando as evidências de que tais contratos não existiam. No mesmo dia, após a entrevista com Crespo, a equipe da Secretaria de Serviços Públicos (Serp) do novo prefeito respondeu por meio do setor de Comunicação (Secom) que "não houve renovação do contrato de poda de mato e manutenção de praças e canteiros."

Pannunzio e o ex-secretário da Serp, Oduvaldo Denadai, disseram que há três contratos em vigor para os serviços de capinação, roçagem e paisagismo, com as empresas Demax Serviços e Comércio Ltda, Florestana Paisagismo Construções e Serviços Ltda e Serg Paulista Construções e Serviços Técnicos Ltda. Segundo Oduvaldo Denadai, tais contratos são válidos até o próximo mês de setembro, com a possibilidade de serem prorrogados até março de 2018. Após as manifestações de Pannunzio, a atual administração reconheceu que, com os contratos em vigor, as ordens de serviço podem ser emitidas, mas dependem da existência de recursos para os pagamentos. "Neste início de governo, estão sendo mantidas as reduções (em 40%) de abrangência dos contratos determinadas na gestão anterior até que se tenha uma ideia exata da disponibilidade de recursos para esses serviços", divulgou o Secom.

Tapa-buracos

Sobre os serviços de tapa-buracos nas ruas de asfalto, Pannunzio disse que há contrato com a empresa Oestevale e o ex-secretário Denadai completou que o mesmo está vigor até o final do próximo mês de setembro ou início de outubro, também podendo ser renovado até março de 2018. No caso do contrato de recapeamento asfáltico, Crespo havia declarado que não tinha certeza se o mesmo existia ou não, precisaria aguardar melhores informações. Ontem, a equipe do novo prefeito informou que o contrato de tapa-buraco teve uma redução de 66% pelo governo anterior e os serviços seguem realizados conforme programação, demanda e disponibilidade financeira.


Crespo mantém consulta ao MP sobre Carandá

O ex-prefeito Pannunzio afirmou que falta pouco para o término da construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) do residencial Carandá, o que segundo ele, deve ocorrer até o dia 10 do mês que vem. Ontem, no local, o Cruzeiro do Sul constatou que o prédio está em pé, faltando parte do acabamento em alguns cômodos, como o reboque no teto e a instalação elétrica.

A obra não está atrasada em relação ao tempo estimado para a sua conclusão, já que na placa o prazo de entrega mencionado é março de 2017, e a Prefeitura confirma, sem mencionar o dia exato, que a entrega é prevista para fevereiro. O cronograma para que os beneficiados com os apartamentos comecem a levar as suas mudanças para as novas moradias é a partir de 23 de janeiro.

O governo Crespo mantém que consultará o MP antes de entregar as chaves "porque a obra (da UBS) não está terminada." Explica que mencionou a eventual necessidade de instalar tendas para atendimento médico porque a UBS não estará funcionando quando os mutuários se mudarem.

Sobre o início do atendimento médico, sem informar uma data, divulga a Prefeitura que a UBS poderá ser usada após a conclusão do prédio e dotação de equipamentos. Quanto ao número de médicos e outro profissionais que atenderão, informou que tal definição será feita nos próximos dias, já que esse levantamento não foi feito pela gestão anterior.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Sindicato da Alimentação de Sorocaba​


Tel: (15) 3339-9250------
E-mail: sindicato@sindalimento.com.br
Endereço​​​​​​: Rua Piauí, 105 - Centro
Sorocaba - SP 18035-580

Filiado a

Subsede Tatuí


Tel: (15) 3259-6055
Endereço​​​​​​: Rua Aureliano de Camargo, 35
 - Centro - Tatuí - SP 18271-130

Siga-nos

  • Facebook Social Icon
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Sindalimento

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now