Please reload

Posts Recentes

Centrais sindicais protestam dia 7 de agosto contra o abandono da saúde pelo governo

August 1, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Projeto Verão sem Aids esquentou a Ilha Comprida

February 27, 2017

No último sábado, dia 18, aconteceu mais uma edição do Projeto Verão sem Aids - Valorizando a Vida, na praia de Ilha Comprida. Este ano o evento teve a participação de mais sindicatos ligados à Regional Sorocaba da Força Sindical. Estiveram presentes o Sindicato dos Químicos de Sorocaba e Região, Químicos de Itapetininga, SEAAC - Sindicato da Alimentação de Boituva, Gráficos de Sorocaba e Vigilantes de Sorocaba.

O projeto teve o apoio da Força Sindical e da Fequimfar (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo). O presidente estadual da Força Sindical, Danilo Pereira da Silva, parabenizou os sindicatos pela realização do evento e ressaltou que “é de fundamental importância as instituições colaborarem para a conscientização da população”.

Já o representante regional da Força Sindical e presidente do Sindicato dos Químicos de Sorocaba e Região, Carlos Alberto dos Santos, o Carlão, comemorou o projeto estar em sua 22ª edição, sendo a terceira edição na cidade de Ilha Comprida, e que mais companheiros e companheiras de sindicatos abraçaram a iniciativa. “É muito bom ver os sindicalistas se unirem por uma ótima causa”.

Para Laura Santos, diretora do STI Químicos de Itapetininga e Região, o projeto é muito importante para conscientizar as pessoas que somente a prevenção, com o uso de preservativo, pode evitar as doenças sexualmente transmissíveis.

Neuza Lima, diretora do Sindicato da Alimentação de Sorocaba e Região, frisou que a prevenção continua sendo a melhor maneira de não se contaminar pelo vírus HIV e que a Aids não escolhe sexo e nem idade, por isso o preservativo é o meio mais eficaz para impedir a contaminação.

Os banhistas receberam kits e brindes, como bolsas, bonés e camisetas, além de folders explicativos sobre a doença sexualmente transmissível. O evento mais uma vez contou com o apoio da Prefeitura de Ilha Comprida, através da Departamento da Saúde.