Please reload

Posts Recentes

Desemprego no Brasil bate recorde e atinge 13,1 milhões de pessoas

October 1, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Trabalhadores do transporte prometem greve

December 13, 2017

 

Em protesto contra a proposta de Reforma da Previdência que está para ser votada pelo Congresso, os trabalhadores do transporte coletivo em Sorocaba participam, no próximo dia 19, terça-feira da semana que vem, da greve nacional convocada por centrais sindicais e movimentos sociais.

Naquela data, portanto, os ônibus não irão circular. Caso, porém, a votação da medida no Congresso seja novamente adiada, como já chegou a acontecer, a paralisação também não acontecerá segundo diretriz passada pela Frente Brasil Popular e pelo Conselho Sindical, duas das organizações que estão à frente do movimento. Nesta quarta-feira (13), a entidade protocola nas empresas as notificações de paralisação em cumprimento à lei de greve em serviço essencial, que determina o protocolo do comunicado de greve com 72 horas de antecedência da paralisação.

A assessoria do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região destacou que somente a retirada do projeto impede a paralisação; se houver apenas mudança de data, os trabalhadores cruzam os braços. O lema da manifestação divulgado diz, inclusive, que "Se Botar Pra Votar, o Brasil vai Parar." A paralisação será de 24 horas e acontecerá, segundo informado pela assessoria de imprensa do Sindicato dos Rodoviários, nos 42 municípios que compõem a sua base de representação, ou seja de Araçariguama até Itararé, passando pelas regiões de Sorocaba, Itapetininga e Itapeva.

No comunicado que fez divulgar à imprensa, o Sindicato reforça o posicionamento da Central Única dos Trabalhadores (CUT), segundo o qual ao contrário da propaganda governamental de que a proposta visa cortar privilégios e assegurar a continuidade da política previdenciária, ameaçada por um suposto déficit, a reforma da Previdência da gestão Michel Temer (PMDB) "retira direitos e dificulta o acesso dos trabalhadores aos benefícios previdenciários, ao mesmo tempo em que mantém as regalias de deputados, senadores, juízes, membros do Ministério Público e das Forças Armadas, que se aposentam com altos salários e contribuem menos."

Se a reforma da Previdência for aprovada, diz ainda o texto, "milhares de brasileiros trabalhadores irão perder o direito à aposentadoria." "O aumento da idade mínima para se aposentar, 65 anos para homens e 62 para mulheres, e o aumento do tempo mínimo de contribuição para 20 anos criam barreiras intransponíveis para uma grande maioria de trabalhadores conquistarem a aposentadoria, visto que no Brasil existe uma alta rotatividade de emprego, ou seja, os trabalhadores permanecem desempregados por um longo tempo de sua vida", afirma a CUT no comunicado.

 

Fonte: Cruzeiro do Sul

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Sindicato da Alimentação de Sorocaba​


Tel: (15) 3339-9250------
E-mail: sindicato@sindalimento.com.br
Endereço​​​​​​: Rua Piauí, 105 - Centro
Sorocaba - SP 18035-580

Filiado a

Subsede Tatuí


Tel: (15) 3259-6055
Endereço​​​​​​: Rua Aureliano de Camargo, 35
 - Centro - Tatuí - SP 18271-130

Siga-nos

  • Facebook Social Icon
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Sindalimento

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now