Please reload

Posts Recentes

Auxílio emergencial de R$ 300 não compra cesta básica

September 10, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Greve dos Correios tem 30% de adesão em Sorocaba

March 12, 2018

 

Cerca de 30% dos funcionários dos Correios em Sorocaba teriam aderido à greve nacional da categoria na manhã desta segunda-feira (12). A estimativa é da regional de Sorocaba do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares de São Paulo. De acordo com o diretor da entidade, Gilmar Gomes da Silva, a categoria sofre com a precarização das condições de trabalho, com sobrecarga de serviços, insegurança, hostilidade da população e ainda mudanças no plano de saúde. A paralisação seria por tempo indeterminado. 
 
O Tribunal Superior do Trabalho (TST), julga na tarde desta segunda-feira a alteração defendida pela gestão da estatal no plano de saúde dos trabalhadores que retiraria pais, filhos e cônjuges da cobertura. Ainda segundo Gilmar, atualmente os funcionários pagam somente os serviços utilizados, mas com a mudança também pagariam uma mensalidade. 
  
O diretor reclama da falta de reposição do quadro de funcionários, situação que sobrecarregaria os trabalhadores e prejudicaria os serviços. “Eles estão sucateando os Correios”, afirma. Gilmar aponta ainda a insegurança dos carteiros devido aos assaltos e hostilização da população -- revoltada com os problemas do serviço. “A população tem que entender que não é culpa dos carteiros”, diz.  
  
Em nota, os Correios classificaram o movimento grevista como “injustificado e ilegal”, alegando que não houve descumprimento do acordo coletivo de trabalho da categoria. Diz ainda que “com o objetivo de ganhar a opinião pública”, os trabalhadores apresentaram extensa pauta de reivindicações que nada têm a ver com o que seria o verdadeiro motivo da paralisação: a mudança na forma de custeio do plano de saúde. 
  
A estatal diz que o assunto foi discutido com as representações dos trabalhadores desde outubro de 2016 e que a empresa “se viu obrigada” a ingressar com pedido de julgamento no TST. Os Correios alegam que hoje os custos do plano de saúde representam 10% do faturamento dos Correios, uma despesa de R$ 1,8 bilhão ao ano. A empresa destacou ainda que enfrenta “uma grave crise financeira”.  
  
  
Serviços ainda não foram afetados 
  
Os Correios afirmaram, nesta tarde, que a paralisação ainda não tinha reflexos nos serviços de atendimento e que todas as agências, inclusive nas regiões que aderiram ao movimento, estavam abertas e todos os serviços disponíveis. Desde o fim semana, os Correios colocam em prática seu Plano de Continuidade de Negócios, de forma preventiva, para minimizar os impactos. 
  
A paralisação estaria concentrada na área de distribuição e — segundo levantamento parcial realizado pela manhã -- a presença dos funcionários era de 87,15 à nível nacional (o que corresponde a 92.212 empregados). No interior do Estado de São Paulo, 92,39% do efetivo estaria trabalhando. Nas cidades que compõem a base sindical de São Paulo, que inclui Sorocaba, 70,74% do efetivo esteve presente e trabalhando - o que corresponde a 12.509 empregados. 
  

 

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Sindicato da Alimentação de Sorocaba​


Tel: (15) 3339-9250------
E-mail: sindicato@sindalimento.com.br
Endereço​​​​​​: Rua Piauí, 105 - Centro
Sorocaba - SP 18035-580

Filiado a

Subsede Tatuí


Tel: (15) 3259-6055
Endereço​​​​​​: Rua Aureliano de Camargo, 35
 - Centro - Tatuí - SP 18271-130

Siga-nos

  • Facebook Social Icon
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Sindalimento

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now