Please reload

Posts Recentes

MP 936 retira direitos trabalhistas e não poupa nem as gestantes

May 20, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Crianças são foco da 2ª etapa da vacinação

May 2, 2018

 

As crianças com idade entre seis meses e cinco anos podem -- e devem -- tomar a vacina contra a gripe nas 32 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Sorocaba a partir desta quarta-feira (02). A imunização, segundo Celeste Gomez Sardinha, médica pediatra e docente da Faculdade de Ciências Médicas da PUC, é a melhor e a mais segura maneira para proteger contra a doença. A campanha nacional teve início na semana passada e, em Sorocaba, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, nos três primeiros dias, 2.408 trabalhadores da área de saúde e 17.391 adultos com 60 anos ou mais foram vacinados.

Na segunda etapa da campanha, além das crianças, gestantes e puérperas também devem ser imunizadas. A pediatra explica que a gripe é uma doença respiratória causada pelo vírus Influenza, o qual pode ser classificado como Influenza tipo A, B ou C. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que a vacina de 2018 seja capaz de imunizar a população de risco contra o vírus Influenza dos tipos A (H1N1), A (H3N2) e B.

Entre os sintomas mais comuns da gripe, afirma a médica, estão a febre alta, dores musculares, dor de cabeça e dor de garganta. "A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar. Também ocorre quando a pessoa contaminada não lava suas mãos e deixa os vírus em superfícies onde ela toca", relata Celeste. Por conta da forma de propagação, a médica afirma que as crianças, em particular as que convivem nas creches e escolas, estão mais sujeitas à transmissão do vírus entre si.

Ela alerta que caso a gripe não seja tratada a tempo, pode evoluir para pneumonia e outras complicações como a otite e a sinusite. "O quadro respiratório pode ser muito grave em pessoas que têm as defesas imunológicas reduzidas ou não desenvolvidas, como é o caso de crianças menores de 5 anos", destaca a médica. De acordo com a especialista, o medo de que a vacina possa causar sintomas semelhantes à da gripe é infundado, pois a vacina é feita a partir de fragmentos dos vírus, ou seja, vírus morto, e portanto, previne a doença, mas não causa seus sintomas. "A vacina está contraindicada, porém, se a criança tiver alergia comprovada à clara ou à gema do ovo."

Nos últimos anos, observa Celeste, vem aumentando a preocupação com a tendência dos pais não vacinarem seus filhos, com receio de reações às vacinais. "Essa situação tem provocado o aumento do número de casos com doenças que podem ser prevenidas pelas vacinas", diz. Com relação à vacina da gripe, afirma, as reações adversas são raras, podendo causar uma pequena reação alérgica no local de aplicação.

Celeste ressalta que além de prevenir a gripe através da vacina, outras medidas simples podem evitar que ela se alastre. "Ensine seu filho a lavar frequentemente as mãos, a não compartilhar os copos e talheres, a beber muita água e manter uma alimentação saudável e balanceada", orienta. É importante também evitar o contato de crianças com pessoas gripadas e manter arejado o ambiente em que ela esteja."

A vacina está disponível nas UBSs conforme o horário de funcionamento de cada uma delas, que pode ser consultado através do link bit.ly/2ErJGUW. A terceira etapa da campanha de vacinação começa no dia 9 de maio e englobará portadores de comorbidades, professores de escolas públicas e privadas, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade (mais os dois grupos anteriores).
 

 

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags