Please reload

Posts Recentes

Frigoríficos aumentam propagação de covid-19 no interior do país

June 25, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Nesta quinta-feira, o dólar chegou ao maior patamar desde o dia 2 de março de 2016

June 12, 2018

Desvalorização do real inclui o salário

 

O real é a segunda moeda que mais perdeu valor em relação ao dólar desde o início de junho. Até esta quinta-feira (7), o real já perdeu 4,20%, atrás somente do dólar da Libéria (4,40%). 

 

O levantamento foi realizado pelo economista da Austin Rating, Alex Agostini, e leva em conta 140 moedas. A pesquisa apura o desempenho de todas as moedas cuja cotação está na base de dados do Banco Central. 

 

No topo do ranking das moedas que mais perderam valor também aparecerem o peso mexicano (-3,90%), o rand, da África do Sul (-3,50%) e o dólar da Namíbia (-3,50%). 

 

Na quinta-feira, o dólar encerrou o dia cotado a R$ 3,9233, no maior patamar desde o dia 2 de março de 2016. O real tem acumulado sucessivos dias de perdas diante da incerteza com o quadro fiscal e político do Brasil. 

 

Para conter a forte desvalorização do real, o Banco Central aumentou a intervenção no mercado de câmbio, mas, por ora, o movimento não tem conseguido conter a alta da moeda norte-americana. 

 

Acumulado do ano

 

Em 2018, o real é quinta moeda que mais perdeu valor em relação ao dólar, segundo o levantamento. A moeda brasileira perdeu 15,2% desde janeiro. 

 

Apenas lira turca (-15,6%); peso argentino (-24,4%); kwanza, da Angola, (-30,6%); e nova libra sudanesa (-61,3%) acumulam um desempenho pior. 

 

FONTE: G1

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags