Please reload

Posts Recentes

Frigoríficos aumentam propagação de covid-19 no interior do país

June 25, 2020

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

"Trabalho aos domingos: o que muda com a aprovação da MP da Liberdade Econômica"

August 19, 2019

 

"O texto da Medida Provisória (MP) nº 881, de 2019, aprovado na terça-feira (13) no plenário da Câmara dos Deputados, inclui uma mudança importante na regra para o trabalho aos domingos. A alteração foi adicionada na chamada MP da Liberdade Econômica por meio de uma emenda, durante a análise na comissão especial que se debruçou sobre a matéria.

A mudança é na redação do artigo 68 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Agora, o texto autoriza plenamente o trabalho aos domingos e feriados.

Antes, o empregador precisava de uma autorização do Ministério do Trabalho – estrutura que, no governo de Jair Bolsonaro (PSL), passou a ser vinculado ao Ministério da Economia. Esse aval não será mais necessário após a aprovação em definitivo da MP, que ainda passará pelo Senado.

VEJA TAMBÉM:
O que muda no registro de ponto do trabalhador com a MP da Liberdade Econômica
Descanso semanal assegurado
Assim como funcionava antes, todos os funcionários que trabalharem aos domingos terão direito a uma folga semanal de 24 horas. E ao menos uma vez a cada quatro semanas o repouso semanal terá de ser no domingo.

Além disso, se o funcionário trabalhar em domingos e feriados, e não tiver folga compensatória, terá direito a ser remunerado em dobro.

Entenda a MP
Na sessão de terça (13), a Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da MP 881. Editada pelo governo para desburocratizar a atividade econômica no país, a MP acabou recebendo 301 emendas na comissão especial em que foi analisada.

Os adendos incluíram diversas mudanças na lei trabalhista. Notando que o novo texto enfrentaria a resistência dos parlamentares, o relator da matéria, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), acabou retirando alguns pontos do texto, em negociação que incluiu membros do governo e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) – saiba o que permaneceu no texto aprovado pelos deputados.

Nesta quarta-feira (14), a Câmara deve votar os destaques associados à matéria. Depois, o texto segue para o Senado."

Copyright © 2019, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags